A MENTE É A FORÇA CRIADORA ( Seicho-No-Ie, Abril de 1973 )

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A MENTE É A FORÇA CRIADORA ( Seicho-No-Ie, Abril de 1973 )

Mensagem  llGuilhermell em Seg 09 Mar 2009, 22:57

Embora o mundo esteja numa era de pleno avanço de ideologias materialistas, muito poucos são os que realmente acreditam no materialismo.

Vi recentemente, no escritório de um comitê eleitoral de um partido de tendências materialistas, uma enorme faixa contendo os seguintes dizeres em caracteres gigantescos "ORAMOS PELA VITÓRIA". Pelo jeito, parece que eles também "oram". Então que espécie de oração será que fazem, e a quem será que oram? Certamente que não será para Deus. mas também não devem orar para a alma de Marx nem de Lenine. Apenas desejam, do fundo do coração, a vitória. Creio que é a expressão do ardente desejo de eleger o seu candidato. E ao mesmo tempo, empregam o termo "orar" no seu sentido mais fundamental de "Pensar forte e ardentemente".

Desta forma, todos os homens acreditam, embora vagamente, no misterioso poder da mente. Não apenas acreditam; tentam aplicar essa forçae expressá-la em palavras. Escrevendo tais palavras numa faixa, acreditam no seu efeito. Assemelha-se à crença no "Efeito Protetor" das figas ou quaisquer outros amuletos que os motoristas penduram no painel do carro em que viajam.

De qualquer forma, não podemos deixar de reconhecer que existe um mistério que nenhuma teoria racionalista poderá explicar. É indiferente chamar a esse mistério de "Deus", "Natureza" ou "Incógnito". Na verdade, o materialismo não consegue explicar suficientemente nem mesmo a realidade de "Eu estar vivo aqui", esta solene realidade.

No Início, não havia seres vivos na fase da Terra. E como surgiu o Homem nesta Terra? Se formos explicar através do materialismo, seremos forçados a afirmar que a VIDA surgiu da matéria.

Porém, jamais nenhum experimentoou pesquisa produzio a VIDA apartir da combinação da matéria. Querer explicar esse mistério simplesmente como uma "possibilidade no decorrer de longo tempo" é uma tapeação. Os próprios materialistas sabem muito melhor que ninguém que tal explicação não é nada racional ou lógica.

Que tal então mudarmos agora o ponto de vista, afirmando que a matéria não é VIDA, e distinguirmos claramente as duas coisas? A VIDA não está nem dentro nem fora da matéria. A VIDA existe independentemente, por si mesma, desde a eterna antiguidade até o eterno futuro. Logo, o fato de o homem estar agora vivendo não é devido à existência do corpo carnal, mas devido à existência da VIDA E esta VIDA continua vivendo sempre, mesmo após a morte do corpo, pois ela é independente da matéria. Mais ainda: mesmo que a Terra se destrua, mesmo que o Sol perca o brilho, mesmo se a água se transforme em fogo e o céu e a terra se invirtam, a VIDA jamais se destruirá.

llGuilhermell

Mensagens : 6
Data de inscrição : 09/03/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum